Artroplastia: próteses customizadas minimizam dores nas articulações

Assunto: Próteses

 

A Artroplastia é um procedimento de cirurgia ortopédica para substituir, remodelar ou realinhar uma articulação, e pode ser necessária devido a uma série de fatores, como trauma, tumores ou doenças como a artrose. Na artrose, ocorre o desgaste da cartilagem que fica nas extremidades dos ossos, evitando que os ossos entrem em contato durante o movimento. A doença compromete também os ligamentos, o líquido sinovial e a membrana sinovial. Ela é mais comum nas articulações dos joelhos, quadris, coluna e mãos, causando dor e inflamação. Para tratá-la, muitas vezes é necessário submeter o paciente a uma artroplastia.

A artroplastia é recomendada para os casos mais graves. Na cirurgia, a articulação é totalmente substituída por um implante. O material e design da prótese dependerão de cada caso e será indicado pelo médico.

Artroplastia melhora a qualidade de vida dos pacientes

Antes de recomendar a cirurgia, o médico provavelmente tentará um tratamento com medicamentos, fisioterapia e exercícios físicos específicos. Porém, quando a doença já está em um grau elevado de degeneração, a artroplastia é a opção mais adequada.

No procedimento cirúrgico, a cartilagem comprometida é substituída pela prótese. Isso aumenta a qualidade de vida do paciente, que muitas vezes já havia deixado de fazer atividades do dia a dia por conta da dor e desconforto.

Confira quais são os principais tipos de artroplastia:

Joelho

No joelho, a operação cirúrgica substitui a articulação comprometida por uma prótese, que pode ser de componentes metálicos, cerâmicos e poliméricos. Após a cirurgia – que dura em média duas horas –, o joelho ficará imobilizado com curativo e dreno. Será necessário fazer fisioterapia já no primeiro dia depois da operação. Em casa, é importante deixar a perna operada levantada e não se deve colocar almofadas abaixo do joelho. O paciente deverá voltar ao hospital para retirar os pontos, normalmente, de 12 a 14 dias depois do procedimento. A consolidação óssea costuma ocorrer entre três e quatro meses.

Tornozelo

Em 2013, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou a comercialização de próteses de tornozelo no Brasil. Apesar de a substituição total do tornozelo já ser testada há mais de 30 anos, muitos projetos fracassaram. A Academia Americana de Cirurgiões Ortopédicos (AAOS) explica que antigamente era necessário colocar cimento ósseo para manter os implantes na posição correta. Porém, hoje as próteses permitem o crescimento ósseo, assim como acontece após as artroplastias de joelho e quadril. A maior vantagem de optar por esse procedimento cirúrgico é a conservação da mobilidade e do movimento articular do tornozelo.

Ombro

A artroplastia de ombro tem como objetivo aliviar dores e melhorar a mobilidade articular. As próteses devem ser de materiais com baixo atrito para minimizar desgastes e terem maior duração. No pós-operatório, os pacientes ficam imobilizados durante 30 dias com uma tipoia. Recomenda-se iniciar já no primeiro dia após o procedimento cirúrgico, exercícios de movimentação do punho, cotovelo e dedos. Depois de dois meses, já é possível realizar a maior parte das atividades do dia a dia, como dirigir e comer.

Quadril

A artroplastia de quadril ganhou espaço na mídia em 2013, quando o tenista Guga Kuerten precisou ser submetido ao procedimento cirúrgico para corrigir a lesão que o tirou do circuito profissional ainda em 2008. A colocação de prótese de quadril é uma das cirurgias ortopédicas mais realizadas no mundo, com índice de satisfação superior a 90%. O tempo de internação costuma ser de dois a três dias e o retorno ao trabalho varia entre 30 dias a três meses. Entre os grandes benefícios da operação estão a melhora da dor e o ganho de arco de movimento.

Este post foi útil para você? Então confira em nosso blog diversos outros materiais relacionados a próteses, cirurgia e saúde em geral. Siga a gente nas redes sociais e não perca os últimos posts. Até a próxima leitura!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *