Conheça as principais aplicações da cranioplastia

Assunto: Cranioplastia

 

A cirurgia plástica que repara deformidades ou defeitos do crânio é chamada de cranioplastia. Normalmente ela é realizada em quem sofreu acidente automobilístico, precisa retirar tumores ou apresenta deformidades congênitas. Além de ser importante para resgatar a autoestima do paciente, a cranioplastia recupera funções originais da parte que foi afetada.

Os defeitos do crânio podem causar danos à saúde, como convulsões, tontura, enjoo, cefaleias, distúrbios de memória, hemiparesia – paralisia parcial de um dos lados do corpo – e dificuldades de concentração, comuns a um distúrbio chamado de Síndrome do Trefinado.

Para a operação ter sucesso, ela precisa ser feita por uma equipe especializada e a prótese deve encaixar perfeitamente nos ossos.

Saiba mais sobre as aplicações da cranioplastia

De acordo com o artigo “Cranioplastia: parietal versus prótese customizada“, publicado na Revista Brasileira de Cirurgia Plástica, quando existe perda óssea da calota craniana, o principal objetivo do procedimento cirúrgico é proteger o encéfalo e corrigir a deformidade estética. Nos casos em que os defeitos chegam a permitir que o escalpo exerça pressão direta sobre o cérebro, são observadas melhorias também na fala e nos quadros de hemiparesia após a reconstrução craniana. Ainda de acordo com o texto, a utilização de próteses customizadas na cranioplastia torna o processo de tratamento mais eficiente, simples e preciso.

Cases

Trauma

Um case de aplicação dessa cirurgia é o de um paciente que foi submetido a uma cranioplastia frontal com prótese bilateral para corrigir problemas causados por um trauma na infância, no qual ele perdeu grande parte do tecido ósseo da parte da frente do crânio. Por meio da análise da tomografia computadorizada, a Customize desenvolveu uma prótese com encaixe perfeito para a falha óssea. Três meses após sua implantação, o resultado estético era notável. Com isso, o paciente recuperou sua autoestima e voltou a socializar.

Retirada de tumores

Outra aplicação de cranioplastia é em pacientes que precisam ser submetidos à retirada de tumores na região do crânio. Um exemplo é o caso da jovem Santana Rodrigues, noticiado pelo portal de notícias G1 em 2015. Ao ser diagnosticada com um tumor que torna o osso poroso, foi necessário extrair metade de seu crânio e reconstruí-lo com uma prótese acrílica. De acordo com a reportagem, a cirurgia levou seis horas e contou com o envolvimento de três médicos. A paciente ficou três dias na UTI e os pontos foram retirados depois de duas semanas. Não foi necessário raspar seu cabelo e ela não ficou com nenhuma sequela.

Ferimento por arma de fogo

Outro paciente sofreu um trauma no crânio por ferimento de bala. Foi realizada uma esquirulectomia no crânio, que foi afetado pelo impacto do projétil. Para fazer a correção estética, a Customize produziu uma prótese e o paciente foi submetido à cranioplastia. Com os resultados positivos do procedimento cirúrgico, o paciente, que antes apresentava sintomas de depressão, conseguiu recuperar a autoestima.

Acidente de trânsito

Em agosto deste ano, a Rádio Jornal do Commercio fez uma série de reportagens sobre as lesões mais comuns decorrentes de acidentes de trânsito e as cirurgias inovadoras que minimizam suas consequências. Uma das histórias contadas é a do motoboy Cláudio Nunes, que sofreu um acidente de moto no momento em que saía de uma pizzaria para realizar uma entrega. Em função do trauma, os médicos que o atenderam precisaram retirar parte do crânio de Nunes, deixando seu rosto deformado. Um ano e meio depois, o motociclista foi submetido a uma cranioplastia, na qual foi colocada uma prótese para a restauração.

Confira mais informações sobre cranioplastia em nosso blog. Temos materiais para explicar quais passos são necessários para a realização do procedimento cirúrgico e posts abordando os cuidados pós-operatórios. Acompanhe nossas redes sociais e não perca os novos conteúdos. Até a próxima leitura!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *